Os primeiros equipamentos foram instalados e passaram a monitorar a trincheira da saída da cidade, na Praça São Cristóvão, na Rotatória Central e no encontro das avenidas Clóvis Salgado e Norte-sul, no bairro Cidade Club Residencial.

Denominado de Igarape.Online, o sistema de videomonitoramento por câmeras em vias públicas está funcionando 24 horas por dia para reforçar a segurança pública no município.
A implantação do projeto, que teve investimentos de vários setores, é resultado de parceria entre Prefeitura de Igarapé, Câmara Municipal, Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Ministério Público, SFOX TELECOM, Alto Padrão Móveis, Rede de Comerciantes e Empresários do Município de Igarapé, além de o Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep) – que é o gestor responsável pela iniciativa.
Inicialmente, foram instalados quatro dos dez equipamentos previstos: na trincheira da saída da cidade – na rua João Rosa, na Praça São Cristóvão, na Rotatória Central, e no encontro das avenidas Clóvis Salgado e Norte-Sul, no bairro Cidade Club Residência. As demais câmeras serão instaladas conforme liberação de novos recursos pelos parceiros.

Responsável pelo suporte técnico e disponibilização de rede própria de fibra ótica, a SFOX TELECOM realizou as obras de infraestrutura, incluindo instalação dos postes, que receberam a primeira etapa dos equipamentos.
De acordo com o secretário de Governo, Herbert Júnior, a localização das câmeras foram definidas pela Polícia Militar. Tratam-se de áreas estratégicas nos principais corredores de tráfego da região central. “A proposta do Olho Vivo é garantir mais segurança para os comerciantes e população em geral, pois além de coibir a criminalidade, as câmeras vão contribuir também com a preservação do patrimônio da cidade”.
O comandante do 1º Pelotão da 7ª Companhia da PMMG, em Igarapé, Tenente Sander, informou que nesta primeira etapa, os pontos para instalação das câmeras foram escolhidos com base em estatísticas da PM. “Além de ser um forte aliado para a segurança pública, o Olho Vivo representa também uma ferramenta eficaz no gerenciamento do trânsito, pois possibilita acompanhar fluxo de veículos, estacionamento irregular, dentre outras movimentações nas vias públicas”, acrescentou o Tenente Sander.

Tecnologia Avançada

Os equipamentos usados no Sistema Olho Vivo de Igarapé são de alta qualidade, possuem tecnologia de ponta e blindagem contra vandalismo. As câmeras captam imagem até 2km de distância, mesmo sem iluminação ou baixa iluminação, e possuem autonomia elétrica. Ou seja, em caso de falta de energia da concessionária, o sistema permanece ligado, por certo período, sem prejuízos para o serviço de vigilância.

As imagens captadas pelas câmeras ficarão armazenadas, até 30 dias, à disposição Polícia Militar para consultas, quando necessário.

 A Central de Monitoramento do Olho Vivo de Igarapé está funcionando de forma integrada com a Sala de Operações da Unidade (SOU) da PM, na sede da 7ª Cia da PMMG, na avenida Governador Valadares, 750.